NOSSO

BLOG

DROP SHIPPING não é importação

Mas o que é então, e qual a diferença?

Veja, o conceito de drop shipping, ou estoque na fonte, é uma técnica de gestão da cadeia logística na qual o revendedor não mantém os produtos em estoque, mas oferta e comercializa produtos que estão no estoque do fornecedor. 

Assim que o cliente completa o pedido de compra, o revendedor solicita e paga ao fornecedor que fará todo o processo de embalagem e envio diretamente ao cliente. Dessa forma, o revendedor usa o estoque dos seus fornecedores como um estoque pulmão.

– Bom, mas o que tem de errado nisso?

– De errado, nada. Porém importação não é isso.

Estive pesquisando alguns cursos sobre importação para sugerir ao time e me deparei com um em que o sujeito “ensinava a importar” roupas, perfumes etc.

Isso não é importação. Importação na prática é: negocia, compra, fecha câmbio, embarca, libera na alfândega, estoca, emite nota de entrada, vende, emite nota de saída… Isso é Importação. Elaboração de estratégia de negócios sólida. É o pensar não apenas naquela importação que está chegando, mas na rotina de gestão de novas compras, dando foco principalmente na recompra, no lead-time de uma operação.

Conteúdo por Lucas Vogt Schommer

Diretor Comercial 3S CORP

COMPARTILHE

Este website utiliza cookies próprios e de terceiros a fim de personalizar o conteúdo, melhorar a experiência do usuário, fornecer funções de midias sociais e analisar o tráfego. Para continuar navegando você deve concordar com nossa Política de Privacidade