NOSSO

BLOG

Combate ao coronavírus e o apoio para a importação de itens médico-hospitalares

O coronavírus é um assunto que preocupa o mundo inteiro e, para isso, é imprescindível encontrar soluções que contribuam para o combate desta doença.

No Brasil, entre diversas medidas adotadas, um fator que tem grande influencia para a agilidade de processos está
relacionado ao desempenho da Receita Federal Brasileira, a qual instituiu medidas provisórias que beneficiam a importação de
produtos médico-hospitalares e simplificam os processos de despacho aduaneiro para estes itens, conforme a edição da instrução normativa RFB nº1.927 de 17/02/2020.

Segundo a instituição, em um mês e meio foram liberados para entrada no país, mais de 19 mil toneladas de itens para a saúde com destino ao combate do novo coronavírus.
Em resumo, o desempenho ficou 33% mais rápido em comparação ao período pré-pandemia, atingindo a marca de um bilhão de reais.

Entre os itens de maior necessidade estão:
· Máscaras e vestuários de proteção, totalizando R$ 532 milhões.
· Kits teste para Covid-19 de diversos tipos: R$ 110 milhões.
· Ventiladores e respiradores médicos, peças e acessórios: R$ 37 milhões
· Medicamentos e suas matérias primas: R$ 146 milhões

 

 

 

 

 

Fonte Notícia Oficial: Receita Federal.

#3scorp #receitafederaldobrasil #covid19 #importação
COMPARTILHE

Este website utiliza cookies próprios e de terceiros a fim de personalizar o conteúdo, melhorar a experiência do usuário, fornecer funções de midias sociais e analisar o tráfego. Para continuar navegando você deve concordar com nossa Política de Privacidade